Ir para o conteúdo

Câmara Municipal de Vinhedo - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Câmara Municipal de Vinhedo - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Whatsapp
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Twitter
Rede Social YouTube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
FEV
05
05 FEV 2024
CAMPANHA LAÇOS
Estímulo à doação de medula óssea é o tema central da Campanha Laços em fevereiro
enviar para um amigo
receba notícias
Mensalmente, a Câmara Municipal de Vinhedo realiza uma ação institucional para abordar assuntos de interesse da população, sobretudo aqueles relacionados a prevenção de doenças e ao estímulo a hábitos saudáveis. Neste mês de fevereiro, o foco da Campanha Laços é o incentivo à doação de medula óssea para o tratamento de leucemia.

A leucemia é um tipo de câncer que surge no sangue afetando os glóbulos brancos, que são as células de defesa do corpo humano, e começam a se reproduzir de maneira descontrolada na medula óssea. Existem diferentes subtipos da doença, divididos em dois grandes grupos: leucemias agudas e leucemias crônicas. Cada uma delas apresenta particularidades clínicas, mas o que todas têm em comum é a urgência no diagnóstico e a possibilidade de bons resultados no tratamento, incluindo a cura.

O primeiro passo para compreender a leucemia é conhecer como funciona a doação da medula, que é um assunto importante para a população. Estima-se que a chance de encontrar um doador de medula compatível seja de 1 em 100 entre doadores aparentados e 1 em 100 mil entre não aparentados. Sendo assim, a divulgação do tema tem como objetivo aumentar a base de doadores para que as chances de compatibilidade sejam maiores.

Como se tornar um doador de medula óssea

Para se tornar um doador voluntário de medula óssea, é preciso ir ao Hemocentro mais próximo da sua cidade, realizar um cadastro no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea - REDOME e coletar uma amostra de sangue (10 ml) para exame de tipagem HLA.  O doador deve ter entre 18 e 35 anos de idade, estar em bom estado geral de saúde, não ter doença infecciosa transmissível pelo sangue e levar um documento de identificação oficial com foto.

Instalado no Instituto Nacional de Câncer (INCA), o REDOME é um sistema informatizado que cruza as informações genéticas dos doadores voluntários cadastrados com as dos pacientes que precisam do transplante. Quando é verificada compatibilidade, a pessoa é convocada para realizar a doação. Os riscos para o doador são praticamente inexistentes. Até hoje, não há relato de nenhum acidente grave ocasionado pelo procedimento.

Para mais informações e para encontrar o hemocentro mais perto de você, clique aqui.
 
Fonte: Comunicação Institucional da Câmara de Vinhedo
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia