Ir para o conteúdo

Câmara Municipal de Vinhedo - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Câmara Municipal de Vinhedo - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social YouTube
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Rede Social Twitter
Rede Social Whatsapp
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
SET
28
28 SET 2021
MANUTENÇÃO URBANA
Câmara de Vinhedo aprova Projeto de Lei de autoria de Luiz Vieira, para retirada de fiação aérea excedente ou sem uso
PROCESSANDO ÁUDIO

Em praticamente todas as cidades do Brasil há um descontrole da situação envolvendo a fiação aérea nos postes, onde os fios permanecem por longo período caídos sobre calçadas, ruas e avenidas, ou improvisadamente amarrados a portões e árvores, não havendo uma rápida solução do problema, além de oferecerem riscos à vida humana e à de animais, tendo em vista a possibilidade de acidentes.

“Em Vinhedo não é diferente. O problema é crônico e se estende por todos os bairros, devido a manutenções incorretas e à ausência de uma fiscalização efetiva”, afirma Luiz Vieira (PDT).

Sendo assim, o vereador elaborou o projeto de Lei nº 67/2021, prevendo a padronização, o alinhamento e a identificação da fiação aérea no município, propositura que teve como coautora a vereadora Nayla de Souza (PDT).

O PL foi votado na 14ª Sessão Extraordinária da Câmara Municipal de Vinhedo, realizada na tarde dessa segunda-feira, 27, sendo aprovado pela maioria dos vereadores, em dois turnos de votações.

Nele, os vereadores propuseram que o cabeamento seja identificado com o nome do ocupante, para ser instalado de forma separada, e que, quando houver fiação excedente, que ela seja retirada em um período máximo de até um ano. Entretanto, quando for constatado risco iminente de acidentes, as providências deverão ser tomadas pelas empresas e concessionárias em até 24 horas.

O descumprimento da Lei sujeitará o infrator a multa que será definida pela Prefeitura de Vinhedo, devendo ser considerada a reincidência como agravante na penalidade.

“Constatei que não seria viável, tampouco inteligente, solucionar o problema da fiação aérea de maneira pontual, ou seja, mirando apenas em suas consequências. Já solicitei várias vezes que a Prefeitura de Vinhedo notificasse as empresas responsáveis pela distribuição de energia e pelos cabeamentos de telecomunicações para que retirem os fios excedentes, mas isso é como ‘enxugar gelo’. Portanto, com a aprovação deste projeto de Lei, finalmente temos um instrumento para exigir a padronização, o alinhamento e a identificação de todos os cabos aéreos do município, para que o Poder Público ataque a causa do problema, dando a ele uma solução rápida e definitiva”, explicou Luiz Vieira.

Agora a medida será encaminhada para sanção do prefeito.

Fonte: Gabinete do vereador Luiz Vieira (PDT)
VINCULADOS À PÁGINA:
Luiz Vieira
Seta
Versão do Sistema: 3.1.9 - 17/01/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia