Para Marcos Ferraz comércio está sendo usado como “bode expiatório” durante a pandemia – Câmara Municipal de Vinhedo
Câmara Municipal de Vinhedo

Para Marcos Ferraz comércio está sendo usado como “bode expiatório” durante a pandemia

Parlamentar também solicitou a intensificação das atividades das escolas e implantação de aulas virtuais e atividades impressas na rede municipal de ensino

MF

O vereador Marcos Ferraz (PSD) saiu em defesa do comércio e prestadores de serviços durante discurso proferido na última sessão da Câmara de Vinhedo, realizada nessa segunda-feira, 22. Para o parlamentar, o comércio tem sido usado como “bode expiatório” durante a pandemia da Covid-19. Em Vinhedo o comércio segue aberto.

“Na semana passada algumas cidades da região fecharam novamente o comércio, mas em Vinhedo prevaleceu o bom senso, baseado também na nossa estrutura de atendimento em saúde e nos protocolos de segurança aqui adotados, e espero que assim continue. Acredito que, infelizmente, o comércio, sobretudo o pequeno, está sofrendo demais com essa situação e sendo usado como ‘bode expiatório’. Não é o pequeno comércio o responsável pelo aumento no número de contaminados pela Covid-19, o problema é a falta de consciência de parte da população e o governo que tomou medidas precipitadas ao parar o Estado inteiro tomando como base a situação da capital à época. Concordo que as aglomerações deviam realmente ser proibidas, mas não devia ter parado o comércio em cidades do interior de imediato. Agora, quando efetivamente seria o melhor momento para parar, ninguém aguenta mais, as pessoas cansaram de ficar em casa, e os comerciantes estão agonizando. O governo federal age de forma irresponsável e temerária e o governo estadual também errou ao não avaliar a forma de evolução da doença e planejar uma estratégia para cada região do Estado desde o início. Com isso quem está ‘pagando o pato’ são os comerciantes e os mais vulneráveis. Fizemos aqui nessa Casa várias moções aos governos estadual e federal, porém nada foi feito. Não adotaram a obrigatoriedade do uso de máscaras desde o início, permitiram fábricas enormes funcionarem com centenas de colaboradores trabalhando sem máscaras, lado a lado, até o mês passado, e a culpa vai toda para o comércio. Isso é uma covardia”, enfatizou.

Marcos Ferraz destacou a inconsistência nas decisões do governo do Estado, que reduz o horário do comércio levando a uma maior aglomeração de pessoas e proíbe a abertura de academias e salões, por exemplo, mas permite aglomerações em ônibus, ao reduzir o número de linhas ativas e adotar outras políticas de restrição da mobilidade urbana. “Ônibus lotados são permitidos, porém o lojista que toma todos os cuidados, oferece atendimento individualizado, seguindo todos os protocolos de segurança, tem que fechar suas portas e ver seu negócio ruir”.

Em relação à Educação, o vereador pediu a intensificação das atividades pedagógicas  e implantação de aulas virtuais na rede municipal.

Nessa semana Marcos Ferraz esteve em contato com o secretário de Educação, Gilberto Lorenzon, para tratar da manutenção das atividades pedagógicas durante a pandemia. Como não há previsão de volta às aulas presenciais, o parlamentar solicitou que sejam distribuídos materiais impressos e implantadas aulas virtuais para toda rede municipal de ensino.

“Estive falando com o secretário de Educação nessa semana e, como não há previsão para volta às aulas, pedi encarecidamente que implantem aulas virtuais na rede municipal. É preciso agilizar esse processo de elaboração de aulas online. Sei que há alunos que não tem acesso à internet¸ para estes devem preparar material impresso para que possam acompanhar o desenvolvimento dos estudos e, desta forma, não perderem o ano letivo. É verdade que neste momento o bom resultado depende muito do envolvimento e comprometimento dos pais com a educação de seus filhos, mas o poder público precisa fazer a sua parte”, concluiu.

Fonte: gabinete do vereador Marcos Ferraz (PSD)

 

 

Enviar comentário

Últimas Notícias

Nova licitação para pavimentação asfáltica contemplará pedidos de Paulinho Palmeiraleia mais

Prefeito atende pedido de vereadores e inicia obras de readequação do pontilhão da Anhanguera, que dá acesso à região da Capelaleia mais

Paulinho Palmeira enaltece o reinício das obras da Interligação da Av. Independência com Av. Joaquim Alves Corrêa, em Valinhosleia mais

Sandro Rebecca comenta Moção de Apelo para intensificação de aulas onlineleia mais

Moção de Apelo de Marcos Ferraz solicitando intensificação das aulas online durante a pandemia é aprovada por unanimidadeleia mais



Av. Dois de Abril, 78 - Centro -
Vinhedo/SP - CEP 13280-077


(19) 3826-7700


imprensa@camaravinhedo.sp.gov.br

Input Center Tecnologia