Edu Gelmi devolve Projeto de Lei que propõe endividamento do município em mais R$ 7 milhões – Câmara Municipal de Vinhedo
Câmara Municipal de Vinhedo

Edu Gelmi devolve Projeto de Lei que propõe endividamento do município em mais R$ 7 milhões

Presidente da Câmara afirma que endividamento não resolve a crise hídrica

200526_132_Sessao_Ordinaria_21

O presidente Edu Gelmi (SD) explicou nesta terça-feira, dia 26, que determinou a devolução ao Executivo do Projeto de Lei que pretendia contratar operação de crédito na ordem de R$ 7 milhões. O PL solicitava autorização do Legislativo para fazer um novo financiamento, destinado à aquisição de uma represa de água bruta. Segundo Edu Gelmi, faltam documentos ao PL e, além da área pertencer a outro município, o investimento não resolverá o problema de abastecimento de Vinhedo.

“Mesmo que o prefeito tenha colocado seus secretários municipais e a superintendente da Sanebavi à disposição desta Casa para prestar esclarecimentos, ainda assim faltam diversos documentos para que possamos receber e tramitar o Projeto de Lei na Câmara”, comentou Edu Gelmi pouco antes do término da 132ª Sessão Ordinária.

Segundo presidente da Câmara, documentos importantes não acompanharam o Projeto de Lei, como a cópia da matrícula do imóvel, laudo de imobiliárias com avaliação de valores, cópia da outorga de captação de água e dados detalhados dos terrenos da municipalidade que serão dados em parte do pagamento.

Edu Gelmi afirmou que a represa pretendida pelo Executivo está em território do município de Itupeva, que pode no futuro desafetar a área “e Vinhedo ficará sem a área, mas com a obrigação de pagamento do empréstimo”.

Outra consideração importante apresentada por Edu Gelmi é a quantidade de água que será, de fato, disponibilizada para uso da população. “A referida represa faz parte do sistema do Córrego do Moinho e a água captada será tratada na ETA 2, na Capela, que já opera no limite – ou seja, vamos endividar a cidade em mais R$ 7 milhões para comprar uma represa que não temos condições de tratar a água”, alertou Edu Gelmi.

O presidente do Legislativo encerrou suas considerações afirmando que receberá representantes do Executivo para esclarecer o Projeto de Lei e convidará, também, profissional técnico do Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo – DAEE para falar sobre a outorga na bacia do Moinho. “Faremos uma reunião com transmissão para toda a população interessada, transparente, pois precisamos de um debate técnico e não político, com discernimento, com trabalho e coerência”, finalizou Edu Gelmi.

 


Fonte: Gabinete da Presidência | Vereador Edu Gelmi (SD)

 

Últimas Notícias

Câmara reforça medidas de prevenção contra o novo coronavírusleia mais

Thiago Marra requer informações sobre trabalhos desassoreamento de reservatórios de águas da cidadeleia mais

Rodrigo Luglio pede que Prefeitura exija cumprimento na íntegra do contrato com a Lituceraleia mais

Em Brasília, Chris PC se reúne com deputados em busca de repasses à Vinhedoleia mais

Indicação de Val Souza para reparos no asfalto da Rua Tercílio Geraldini é atendidaleia mais



Av. Dois de Abril, 78 - Centro -
Vinhedo/SP - CEP 13280-077


(19) 3826-7700


imprensa@camaravinhedo.sp.gov.br

Input Center Tecnologia