Edu Gelmi devolve Projeto de Lei que propõe endividamento do município em mais R$ 7 milhões – Câmara Municipal de Vinhedo
Câmara Municipal de Vinhedo

Edu Gelmi devolve Projeto de Lei que propõe endividamento do município em mais R$ 7 milhões

Presidente da Câmara afirma que endividamento não resolve a crise hídrica

200526_132_Sessao_Ordinaria_21

O presidente Edu Gelmi (SD) explicou nesta terça-feira, dia 26, que determinou a devolução ao Executivo do Projeto de Lei que pretendia contratar operação de crédito na ordem de R$ 7 milhões. O PL solicitava autorização do Legislativo para fazer um novo financiamento, destinado à aquisição de uma represa de água bruta. Segundo Edu Gelmi, faltam documentos ao PL e, além da área pertencer a outro município, o investimento não resolverá o problema de abastecimento de Vinhedo.

“Mesmo que o prefeito tenha colocado seus secretários municipais e a superintendente da Sanebavi à disposição desta Casa para prestar esclarecimentos, ainda assim faltam diversos documentos para que possamos receber e tramitar o Projeto de Lei na Câmara”, comentou Edu Gelmi pouco antes do término da 132ª Sessão Ordinária.

Segundo presidente da Câmara, documentos importantes não acompanharam o Projeto de Lei, como a cópia da matrícula do imóvel, laudo de imobiliárias com avaliação de valores, cópia da outorga de captação de água e dados detalhados dos terrenos da municipalidade que serão dados em parte do pagamento.

Edu Gelmi afirmou que a represa pretendida pelo Executivo está em território do município de Itupeva, que pode no futuro desafetar a área “e Vinhedo ficará sem a área, mas com a obrigação de pagamento do empréstimo”.

Outra consideração importante apresentada por Edu Gelmi é a quantidade de água que será, de fato, disponibilizada para uso da população. “A referida represa faz parte do sistema do Córrego do Moinho e a água captada será tratada na ETA 2, na Capela, que já opera no limite – ou seja, vamos endividar a cidade em mais R$ 7 milhões para comprar uma represa que não temos condições de tratar a água”, alertou Edu Gelmi.

O presidente do Legislativo encerrou suas considerações afirmando que receberá representantes do Executivo para esclarecer o Projeto de Lei e convidará, também, profissional técnico do Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo – DAEE para falar sobre a outorga na bacia do Moinho. “Faremos uma reunião com transmissão para toda a população interessada, transparente, pois precisamos de um debate técnico e não político, com discernimento, com trabalho e coerência”, finalizou Edu Gelmi.

 


Fonte: Gabinete da Presidência | Vereador Edu Gelmi (SD)

 

Últimas Notícias

Nova licitação para pavimentação asfáltica contemplará pedidos de Paulinho Palmeiraleia mais

Prefeito atende pedido de vereadores e inicia obras de readequação do pontilhão da Anhanguera, que dá acesso à região da Capelaleia mais

Paulinho Palmeira enaltece o reinício das obras da Interligação da Av. Independência com Av. Joaquim Alves Corrêa, em Valinhosleia mais

Sandro Rebecca comenta Moção de Apelo para intensificação de aulas onlineleia mais

Moção de Apelo de Marcos Ferraz solicitando intensificação das aulas online durante a pandemia é aprovada por unanimidadeleia mais



Av. Dois de Abril, 78 - Centro -
Vinhedo/SP - CEP 13280-077


(19) 3826-7700


imprensa@camaravinhedo.sp.gov.br

Input Center Tecnologia