Falta de água volta a ser tema do presidente Edu Gelmi – Câmara Municipal de Vinhedo
Câmara Municipal de Vinhedo

Falta de água volta a ser tema do presidente Edu Gelmi

#PraTodosVerem: fotografia do vereador Edu Gelmi em discurso na tribuna da Câmara

A preocupação com a falta de água para uso da população de Vinhedo voltou a ser tema em discurso do presidente da Câmara, Edu Gelmi (MDB). O parlamentar usou a tribuna pela 116ª Sessão Ordinária para alertar sobre os riscos do crescimento da cidade sem o correto planejamento e da realidade de escassez dos recursos hídricos.

“Estou acompanhando o Plano Diretor e também as pessoas reclamando da falta de água. Não precisa ser ‘adivinha’ para prever falta de água – basta saber dos investimentos…”, considerou Edu Gelmi. O destaque do vereador foi para a realidade de vários munícipes, que vivenciaram nos últimos dias as dificuldades da falta de água.

Edu Gelmi também destacou a implantação de rede no Distrito Industrial e confirmou a importância do investimento: “é justo esta melhoria; as empresas e todos os trabalhadores que lá estão merecem esta ação”.

Entretanto, o presidente da Câmara ressaltou as consequências do aumento de consumo a partir da conclusão da obra no Distrito. “A rede está dimensionada para 23L/segundo de água, ou seja, se as empresas realmente consumirem isso, acaba o que temos de outorga. Acredito que as empresas não cheguem a consumir tanto, até porque elas têm poços que atendem a maior demanda das fábricas”.

A preocupação do vereador ressaltada na tribuna da Câmara é com a necessidade de um adequado planejamento para o crescimento da cidade. “Com a instalação desta rede é possível provar que as atuais outorgas já ficam contidas e que precisamos parar de aprovar novos loteamentos”, concluiu Edu Gelmi.

 

Nova rede de água no Distrito

A análise das possibilidades diante do consumo de água após a conclusão da nova rede de água do Distrito Industrial já havia sido tema de Edu Gelmi. Em setembro deste ano, o parlamentar destacou, também da tribuna, a importância do investimento e explicou que o município não chegou fazer cálculos de utilização considerando a implantação da rede.

“A Sanebavi não apresentou quanto vamos consumir a mais. Sabemos que a maioria das empresas tem poços artesianos e outorgas. Então, tomara que elas usem seus subterfúgios, porque se forem usar a rede pode parar tudo, parar com reuniões de Plano Diretor, parar com tudo – porque a água não vai brotar da noite para o dia”, alertou Edu Gelmi.

Já naquela oportunidade, o presidente da Câmara apresentou considerações importantes para ajudar a resolver a falta de recursos hídricos, explicando inclusive que com recursos e investimentos é possível reduzir perdas de água, mas a produção de água precisa, além de investimentos, de tempo. “Para produzir água, precisa reflorestar e cuidar dos mananciais… mas isso leva cinco anos. Então, se fizermos a ´lição de casa´ hoje, daqui a cinco anos vamos aumentar a produção de nossos mananciais”, considerou.

 


Fonte: Gabinete da Presidência | Vereador Edu Gelmi (MDB)

 

Últimas Notícias

Flávia Bitar esclarece que não há relação de contágio do COVID-19 entre animais e humanosleia mais

Edu Gelmi destaca necessidade de aplicação das medidas de prevenção e combate ao coronavírusleia mais

Sandro Rebecca pede seriedade na divulgação de notícias relacionadas ao coronavírus e adoção de política conjunta de prevençãoleia mais

Paulinho Palmeira encaminha pedido para asfalto de trecho da Rua Abraão Kalil Aunleia mais

Câmara promove reunião para debater sistema de plantões na Santa Casa de Vinhedoleia mais

Av. Dois de Abril, 78 - Centro -
Vinhedo/SP - CEP 13280-077


(19) 3826-7700


imprensa@camaravinhedo.sp.gov.br

Input Center Tecnologia