Falta de água volta a ser tema do presidente Edu Gelmi – Câmara Municipal de Vinhedo
Câmara Municipal de Vinhedo

Falta de água volta a ser tema do presidente Edu Gelmi

#PraTodosVerem: fotografia do vereador Edu Gelmi em discurso na tribuna da Câmara

A preocupação com a falta de água para uso da população de Vinhedo voltou a ser tema em discurso do presidente da Câmara, Edu Gelmi (MDB). O parlamentar usou a tribuna pela 116ª Sessão Ordinária para alertar sobre os riscos do crescimento da cidade sem o correto planejamento e da realidade de escassez dos recursos hídricos.

“Estou acompanhando o Plano Diretor e também as pessoas reclamando da falta de água. Não precisa ser ‘adivinha’ para prever falta de água – basta saber dos investimentos…”, considerou Edu Gelmi. O destaque do vereador foi para a realidade de vários munícipes, que vivenciaram nos últimos dias as dificuldades da falta de água.

Edu Gelmi também destacou a implantação de rede no Distrito Industrial e confirmou a importância do investimento: “é justo esta melhoria; as empresas e todos os trabalhadores que lá estão merecem esta ação”.

Entretanto, o presidente da Câmara ressaltou as consequências do aumento de consumo a partir da conclusão da obra no Distrito. “A rede está dimensionada para 23L/segundo de água, ou seja, se as empresas realmente consumirem isso, acaba o que temos de outorga. Acredito que as empresas não cheguem a consumir tanto, até porque elas têm poços que atendem a maior demanda das fábricas”.

A preocupação do vereador ressaltada na tribuna da Câmara é com a necessidade de um adequado planejamento para o crescimento da cidade. “Com a instalação desta rede é possível provar que as atuais outorgas já ficam contidas e que precisamos parar de aprovar novos loteamentos”, concluiu Edu Gelmi.

 

Nova rede de água no Distrito

A análise das possibilidades diante do consumo de água após a conclusão da nova rede de água do Distrito Industrial já havia sido tema de Edu Gelmi. Em setembro deste ano, o parlamentar destacou, também da tribuna, a importância do investimento e explicou que o município não chegou fazer cálculos de utilização considerando a implantação da rede.

“A Sanebavi não apresentou quanto vamos consumir a mais. Sabemos que a maioria das empresas tem poços artesianos e outorgas. Então, tomara que elas usem seus subterfúgios, porque se forem usar a rede pode parar tudo, parar com reuniões de Plano Diretor, parar com tudo – porque a água não vai brotar da noite para o dia”, alertou Edu Gelmi.

Já naquela oportunidade, o presidente da Câmara apresentou considerações importantes para ajudar a resolver a falta de recursos hídricos, explicando inclusive que com recursos e investimentos é possível reduzir perdas de água, mas a produção de água precisa, além de investimentos, de tempo. “Para produzir água, precisa reflorestar e cuidar dos mananciais… mas isso leva cinco anos. Então, se fizermos a ´lição de casa´ hoje, daqui a cinco anos vamos aumentar a produção de nossos mananciais”, considerou.

 


Fonte: Gabinete da Presidência | Vereador Edu Gelmi (MDB)

 

Enviar comentário

Últimas Notícias

Paulinho Palmeira reitera pedido de ampliação do sistema de monitoramento na região da Capela e centralleia mais

Geraldinho Cangussú apresenta Moção de Apelo para reativação dos atendimentos odontológicos no bairro da Caixa D’Águaleia mais

Plenário rejeita denúncia de improbidade administrativa apresentada contra o prefeitoleia mais

Carlos Florentino é indicado para a Comissão de Segurança, Trânsito e Mobilidade Urbana do Parlamento Metropolitano da RMCleia mais

Edu Gelmi explica que planejamento é fundamental para prevenir e resolver problemas na cidadeleia mais

Av. Dois de Abril, 78 - Centro -
Vinhedo/SP - CEP 13280-077


(19) 3826-7700


imprensa@camaravinhedo.sp.gov.br

Input Center Tecnologia