Edu Gelmi reitera preocupação com a falta de água em Vinhedo – Câmara Municipal de Vinhedo
Câmara Municipal de Vinhedo

Edu Gelmi reitera preocupação com a falta de água em Vinhedo

Presidente explicou que discussão do Plano Diretor pode ser inválida se consumo do Distrito aumentar

190919_EG_Agua

O presidente da Câmara de Vinhedo, Edu Gelmi (MDB) usou parte de seu discurso pela 110ª Sessão Ordinária para destacar novamente sua preocupação com a questão dos recursos hídricos em Vinhedo. Segundo o parlamentar, a implantação da nova rede de água no Distrito industrial pode aumentar o consumo e inviabilizar as projeções apresentadas na revisão do Plano Diretor.

“A Câmara aprovou um Requerimento sobre a questão do Distrito Industrial, onde através do PAC será implantada rede de água e de esgoto. Mas há duas semanas tivemos Audiência Pública sobre Água e confesso que estou particularmente preocupado, porque o volume de água não será necessário para suprir todos os vinhedenses. Não estou fazendo terrorismo – estou fazendo contas, é matemático!”, iniciou Edu Gelmi.

O parlamentar explicou que a projeção considera a outorga, o volume tratado, o volume perdido e o quanto de água é de fato distribuído à população. Para Edu Gelmi, “o problema é que não há cálculos considerando a implantação da rede do Distrito, ou seja, a Sanebavi não apresentou quanto vamos consumir a mais”.

O presidente da Câmara fez questão de explicar que a maioria das empresas do Distrito Industrial é abastecida com poços artesianos e, portanto, é provável que o impacto da rede seja minimizado. “A maioria das empresas tem poços artesianos e outorgas. Então, tomará que elas usem seus subterfúgios, porque se forem usar a rede pode parar tudo, parar com reuniões de Plano Diretor, parar com tudo – porque a água não vai brotar da noite para o dia”, alertou.

Edu Gelmi ressaltou que a questão da água deve ser tratada com responsabilidade e urgência. “A situação é alarmante. Estamos diante de um dilema no Plano Diretor, mas o foco deve ser a discussão da água. O tema precisa de um amplo debate, porque num futuro bem próximo muita gente de Vinhedo vai ficar sem água”, advertiu.

Planejamento

Da tribuna, Edu Gelmi apresentou considerações importantes para ajudar a resolver a falta de recursos hídricos, explicando inclusive que com recursos e investimentos é possível reduzir perdas de água, mas a produção de água precisa, além de investimentos, de tempo. “Para produzir água, precisa reflorestar e cuidar dos mananciais… mas isso leva cinco anos. Então, se fizermos a ´lição de casa´ hoje, daqui a cinco anos vamos aumentar a produção de nossos mananciais”, considerou.


Fonte: Gabinete da Presidência | Vereador Edu Gelmi (MDB)

Últimas Notícias

Flávia Bitar esclarece que não há relação de contágio do COVID-19 entre animais e humanosleia mais

Edu Gelmi destaca necessidade de aplicação das medidas de prevenção e combate ao coronavírusleia mais

Sandro Rebecca pede seriedade na divulgação de notícias relacionadas ao coronavírus e adoção de política conjunta de prevençãoleia mais

Paulinho Palmeira encaminha pedido para asfalto de trecho da Rua Abraão Kalil Aunleia mais

Câmara promove reunião para debater sistema de plantões na Santa Casa de Vinhedoleia mais

Av. Dois de Abril, 78 - Centro -
Vinhedo/SP - CEP 13280-077


(19) 3826-7700


imprensa@camaravinhedo.sp.gov.br

Input Center Tecnologia