Edu Gelmi critica falta de investimento na Rodovia Miguel Melhado Campos e pede urgência em concessão – Câmara Municipal de Vinhedo
Câmara Municipal de Vinhedo

Edu Gelmi critica falta de investimento na Rodovia Miguel Melhado Campos e pede urgência em concessão

Segundo o presidente da Câmara, valor proporcional do pedágio na via é o mais caro do país

191209_121_Sessao_Ordinaria (82)

Em seu discurso durante a 121ª Sessão Ordinária, o presidente Edu Gelmi (MDB) comentou o recebimento do manifesto pela duplicação na Rodovia Miguel Melhado Campos e criticou que mesmo com o alto valor cobrado no pedágio, o Estado não tenha realizado as melhorias necessárias na via que liga Vinhedo ao aeroporto de Viracopos, em Campinas.

“A rodovia já foi chamada de ‘Rodovia da Morte’, então, após graves acidentes e várias mortes, foi instalado um pedágio para que pudéssemos tornar a via menos perigosa. Hoje, aquele é o pedágio mais caro do país considerando a quilometragem da rodovia, mas a manutenção da estrada é ruim e ela continua sendo perigosa”, comentou Edu Gelmi.

O parlamentar explicou que a Prefeitura não pode investir recursos do município naquela estrada, pois ela é de responsabilidade do Governo Estadual. “A rodovia é do Estado, que implantou o pedágio justamente para melhorar o local, mas nesses dezenove anos infelizmente não houve investimento em retorno à arrecadação”, considerou.

Edu Gelmi destacou que em 2016 foi até a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, acompanhado do vereador Nil Ramos (PSDB) e de várias pessoas que moravam nos arredores da Rodovia Miguel Melhado Campos para solicitar a duplicação da estrada – “mas até agora, nada foi feito”, completou.

Para o presidente da Câmara de Vinhedo, a solução é a concessão da rodovia para o setor privado, a exemplo do que acontece com a estrada Louveira – Itatiba. “É um absurdo, pois são coisas passíveis de se resolver. O governo do Estado não vai gastar com a concessão, pelo contrário, pode receber valores. Mas o governo não se mexe”, criticou.

Edu Gelmi finalizou seu discurso afirmando: “os números são alarmantes. De 2014 a 2019, foram 21 vítimas fatais. Quantos ainda perderão a vida por essa rodovia? Os moradores já tomaram uma posição, trouxeram um manifesto, estão recolhendo assinaturas e a força do povo tem que prevalecer. Nosso trabalho, enquanto vereador, é cobrar do governo a concessão da rodovia para que se possa ter a solução dos problemas, e isso eu continuarei fazendo!”.


Fonte: Gabinete da Presidência | Vereador Edu Gelmi (MDB)

Últimas Notícias

Flávia Bitar esclarece que não há relação de contágio do COVID-19 entre animais e humanosleia mais

Edu Gelmi destaca necessidade de aplicação das medidas de prevenção e combate ao coronavírusleia mais

Sandro Rebecca pede seriedade na divulgação de notícias relacionadas ao coronavírus e adoção de política conjunta de prevençãoleia mais

Paulinho Palmeira encaminha pedido para asfalto de trecho da Rua Abraão Kalil Aunleia mais

Câmara promove reunião para debater sistema de plantões na Santa Casa de Vinhedoleia mais

Av. Dois de Abril, 78 - Centro -
Vinhedo/SP - CEP 13280-077


(19) 3826-7700


imprensa@camaravinhedo.sp.gov.br

Input Center Tecnologia