Edu Gelmi comenta classificação de Vinhedo em ranking que aponta as melhores cidades para viver no Brasil – Câmara Municipal de Vinhedo
Câmara Municipal de Vinhedo

Edu Gelmi comenta classificação de Vinhedo em ranking que aponta as melhores cidades para viver no Brasil

Índice FIRJAN de Desenvolvimento avaliou emprego e renda, saúde e educação para definir as cidades mais desenvolvidas

EG

O presidente Edu Gelmi (MDB) usou parte de seu discurso pela 85ª Sessão Ordinária para comentar o novo ranking das cem melhores cidades para viver no Brasil – um levantamento medido pelo Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal (IFDM) que aponta Vinhedo como a vigésima melhor cidade do país. Para o vereador, mais que apenas considerar o posicionamento de Vinhedo no ranking, é necessário avaliar se os índices expressam a real opinião da comunidade vinhedense sobre Saúde e Educação.

Logo no início de seu pronunciamento, o vereador fez questão de parabenizar a administração de Louveira, cidade que lidera o ranking nacional pelo segundo ano consecutivo, conforme IFDM, índice calculado com base em emprego e renda, saúde e educação para definir quais são as cidades mais desenvolvidas, entre os 5.471 municípios do país – onde vivem 99,5% da população brasileira.

O presidente do Legislativo afirma que para Vinhedo a vigésima posição no ranking nacional é boa, mas que é necessário observar a realidade sob a vivência do munícipe e, nesse sentido, “precisamos melhorar em várias áreas”.

 “Vivo em Vinhedo e gosto de Vinhedo, mas essa vigésima colocação será que está correta para o vinhedense? Será que a Educação realmente está num bom nível? E a Saúde? Vocês sabem que mais de vinte médicos já pediram a conta na rede e foram embora?”, questiona Edu Gelmi.

O vereador explica que mesmo diante do profissionalismo e competência do atual secretário de Saúde, há inúmeras reclamações de munícipes, e lamenta o que considera ser “falta o aporte do Chefe do Executivo”.

“Queremos ver a realidade. Não precisamos ser a melhor do mundo em Saúde, mas precisamos oferecer um respaldo melhor para as pessoas. Sabemos que em Clínica Geral o vinhedense já enfrenta três meses de espera”, lamenta o vereador. E completa: “não é que estejamos ruim ou péssimo, mas sim porque com a arrecadação de Vinhedo deveríamos estar bem melhor”.

Sobre Educação, outro fator avaliado pelo IFDM, Edu Gelmi destaca o excelente trabalho realizados por professores e diretores da rede municipal, mas lamenta que a estrutura necessária não esteja adequada às necessidades das escolas.

“Será que a habilidade e a luta do professor e diretor são suficientes? Será que a estrutura para dar aula não vale nada? Em minha opinião, numa cidade na qual a Secretaria de Educação tem mais de R$ 120 milhões e falta estrutura em escola, o título não é merecido, pois temos que melhorar muito para estar em vigésimo lugar”, finaliza Edu Gelmi.


Fonte: Gabinete da Presidência | Vereador Edu Gelmi (MDB)

Últimas Notícias

Comissão para Reestruturação Administrativa da Câmara apresenta objetivo de seu trabalho a vereadoresleia mais

Edu Gelmi critica inércia do Executivo diante da falta de professores em escolas da rede municipalleia mais

Paulinho Palmeira reforçar pedidos por implantação de lâmpadas LED no sistema de iluminação pública de Vinhedoleia mais

Comissão de Proteção à Mulher do Parlamento da RMC se reunirá na próxima semanaleia mais

Edu Gelmi solicita informações sobre medicamentos em falta e cobra prazo para regularizar fornecimentoleia mais

Av. Dois de Abril, 78 - Centro -
Vinhedo/SP - CEP 13280-077


(19) 3826-7700


imprensa@camaravinhedo.sp.gov.br

Input Center Tecnologia