Câmara aprova abertura de crédito adicional para alteração de emenda impositiva – Câmara Municipal de Vinhedo
Câmara Municipal de Vinhedo

Câmara aprova abertura de crédito adicional para alteração de emenda impositiva

Abertura de crédito possibilitará reforma e ampliação da base da Guarda Civil Municipal e aquisição de novas viaturas

SESSAO

Por unanimidade a Câmara aprovou na noite dessa segunda-feira, 06, pela 95ª Sessão Ordinária, o projeto de Lei Ordinária nº 24/2019, que altera a Lei Municipal nº 3.860/2018, a Lei Orçamentária Anual para 2019, abrindo crédito adicional especial para reforma e ampliação da base da Guarda Civil Municipal e aquisição de novas viaturas, motos ou mesmo adaptação de veículos já em propriedade da corporação.

O crédito aberto é coberto com a anulação de três fichas orçamentárias, que estavam destinadas para a construção de stand de tiro e aquisição de motos equipadas no padrão ROMU.

Ainda foi aprovado na noite, também por unanimidade, o projeto de Resolução nº 02/2019, que autoriza viagem dos vereadores à Brasília nos dias 7 e 8 de maio.

Expediente

Um projeto de Lei, dois projetos de Decreto Legislativo, três requerimentos, cinco moções e 10 indicações foram apresentados na pauta da 95ª Sessão Ordinária.

Explicação Pessoal

Paulinho Palmeira (PV) falou sobre a proposta da Câmara em repassar valores ao Executivo para ampliação da Santa Casa. “A Câmara Municipal sempre buscar ajudar o Poder Executivo, e já temos abordado há muito tempo a necessidade de ampliação da Santa Casa, em especial da recepção, de forma a melhor acolher nossos munícipes. Espero que se concretize”.

Na sequência, Nil Ramos (PSDB), comentou sobre os rumores de sua ida à superintendência da Sanebavi. “Recebi um convite para assumir a superintendência da Sanebavi, e de antemão agradeço a confiança do Executivo e venho aqui negar o convite. Acredito que aceitando esse convite eu vou negar a minha excência. Fui eleito para ser representante da população no Legislativo, e entendo que na Sanebavi não teria tempo o suficiente para me manter em contato com a população”.

Marcos Ferraz (PSD) comentou sobre as reinvindicações das auxiliares de educação. “Se Vinhedo tem uma educação pública de muita qualidade, isso se deve a um trabalho conjunto entre professores e auxiliares, portanto apoio todas as reinvindicações da classe”.

Geraldinho Cangussú (PV) agradeceu o secretário de Serviços, Márcio Melle, por ter atendidos suas solicitações para tapar buracos em diferentes vias. “Cumprimento o secretário Márcio Melle por realizar o trabalho de tapa buracos em nossa cidade, muito importante para a manutenção de nossa malha viária”.

Sobre a Procuradoria da Mulher, Flávia Bittar (PDT) comentou sobre o desenvolvimento de material didático sobre prevenção à violência doméstica que a Câmara desenvolverá para distrubição em escolas da rede municipal. “A Câmara está buscando parcerias para confecionar os materiais didáticos que serão entregues em algumas escolas abordando temas referentes à Procuradoria da Mulher. Esse material falará sobre a prevenção à violência, como detectar casos de violência doméstica e como a vítima poderá buscar apoio”.

O presidente da Câmara, vereador Edu Gelmi (MDB), comentou sobre a reunião dos vereadores com gestores da Secretaria de Educação na semana passada. “Na semana passada esteve aqui o secretário de Educação, que não pôde nos dar resposta satisfatória sobre diferentes assuntos, como a falta de professor de Geografia em algumas escolas, que ocorreu por falta de planejamento; sobre o biênio e quinquênio, que segue sem previsão de solução; a necessidade de reforma em creches, reconhecida pelo secretário mas sem projeto para execução. Em relação às auxiliares de educação infantil, primeiro é preciso lembrar que é essencial o respeito”.

Também sobre a polêmica declaração do secretário de Educação, Gilberto Lourençon, que havia comentado que uma das atribuições das auxiliares de educação era “limpar bunda de bebê”, Edson PC (PDT) fez suas críticas. “É uma vergonha o que as auxiliares de educação estão passando. O primeiro contato das crianças é justamente com essa classe. É uma falta de respeito o secretário fazer uma afirmação pejorativa como essa. Infelizmente a Prefeitura só valoriza cargos daqueles que são políticos, que tem voto”.

Carlos Florentino (PV) destacou a boa colocação de Vinhedo em ranking das cidades com menores índices de criminalidade no Estado de São Paulo. “Saiu um novo levantamento das cidades com menores índices de criminalidade no Estado de São Paulo, e Vinhedo subiu incríveis 33 posições, ocupando agora o 1º lugar. Isso demonstra o bom trabalho desempenhado pela nossa Guarda Civil Municipal. O retorno da viatura tática da ROMU contribuirá para que a eficácia do serviço em segurança de nossa cidade seja ainda maior. Nossos guardas, mesmo sem o devido apoio, têm desempenhado suas funções com muito louvor, assim como as polícias Militar e Civil têm realizado seu papel”.

Sobre a mudança de regime dos servidores, Ana Genezini (MDB) foi enfática ao afirmar que não aprovará projeto mal debatido. “Eu não aprovo projeto de Lei que descer para essa Casa sem antes ter sido muito debatido em nossa cidade. Só voto em projeto para mudança do regime celetista para estatutário depois de ter conhecimento de todo conteúdo da matéria. Além disso, peço ao Sindicato dos Servidores Públicos de Vinhedo (SSPV) que apresentem estudos para o Estatuto, pois isso é uma obrigação do Sindicato, como representantes dos servidores. É muito importante que o Sindicato se mexa sobre esse assunto, e não apenas sente para discutir campanha salarial. Portanto, peço que desenvolvam um projeto ou uma pauta de exigências para o Estatuto, previamente debatida com todos os servidores, para que seja apresentada à Prefeitura”.

Valdir Barreto (PSOL) foi mais um vereador a tratar da questão das auxiliares de educação. “As auxiliares de educação estão em luta desde 2008, e lamento que ainda não tenham uma vereadora representando a classe, ou seja, uma educadora na Câmara. Quero ressaltar que essa fala do secretário em relação à categoria teve um lado importante, pois incentivou que vocês viessem às ruas para divulgar o ótimo trabalho de vocês”.

Sobre o mesmo assunto, Sandro Rebecca (PDT) considerou o secretário de Educação despreparado para ocupar o cargo. “A reinvindicação dos auxiliares é muita clara, é a inclusão desses profissionais no plano de cargos e carreiras do magistério, além disso, não é possível que em 2019 ainda aceitemos a falta de respeito com o próximo. Isso é um registro do despreparo do secretário em estar a frente de uma Pasta dessa importância”.

Rui “Macaxeira” (PSB) parabenizou a Guarda Civil Municipal e outras instituições de segurança pública. “Parabenizo a Guarda por estarmos há 20 meses sem registrar um homicídio sequer em nossa cidade. Isso é fruto do bom trabalho da Guarda, mas também da Polícia Militar e da Polícia Civil”.

Por fim, Rubens Nunes (MDB) cumprimentou os organizadores da Festa do Milho. “Estive presente na Festa do Milho nos últimos finais de semana, esse que é um evento que vem crescendo há cada ano, atraindo muitas pessoas para nosso município. Fica aqui o meu cumprimento a toda a comunidade do Jardim Miriam, responsáveis pela organização dessa Festa”.


Fonte: Comunicação Institucional CMV.

Últimas Notícias

Carlos Florentino parabeniza evento do CAPS Capelaleia mais

Edu Gelmi critica secretário municipal por impedir acesso ao trabalho de fiscalização do Legislativoleia mais

Carlos Florentino fala sobre Segurança Pública para colaboradores em empresa de Vinhedoleia mais

Sandro Rebecca apresenta Moção de Apelo contra cortes em pesquisas científicasleia mais

Em reunião na Associação Mata Ciliar, Flávia Bitar discute conteúdo de livro sobre proteção à fauna silvestre que será distribuído a alunos da rede municipalleia mais

Av. Dois de Abril, 78 - Centro -
Vinhedo/SP - CEP 13280-077


(19) 3826-7700


imprensa@camaravinhedo.sp.gov.br

Input Center Tecnologia