Rodrigo Paixão, Edson PC e Rubens Nunes visitam almoxarifado central da Saúde – Câmara Municipal de Vinhedo
Câmara Municipal de Vinhedo

Rodrigo Paixão, Edson PC e Rubens Nunes visitam almoxarifado central da Saúde

Membros da Comissão dos Medicamentos, vereadores analisaram cuidados e procedimentos com medicamentos da rede pública

  • 180129_RP_PC_RN_Almoxarifado_Central_Saude_21
  • 180129_RP_PC_RN_Almoxarifado_Central_Saude_13
  • 180129_RP_PC_RN_Almoxarifado_Central_Saude_10
  • 180129_RP_PC_RN_Almoxarifado_Central_Saude_14
  • 180129_RP_PC_RN_Almoxarifado_Central_Saude_17
  • 180129_RP_PC_RN_Almoxarifado_Central_Saude_28

Os vereadores Rodrigo Paixão (REDE), Edson PC (PDT) e Rubens Nunes (MDB) visitaram o almoxarifado central da Saúde na manhã desta segunda-feira, dia 29. Recepcionados pelo secretário municipal de Saúde, dr. Alexandre Viola, os parlamentares conheceram o local de armazenagem de medicamentos e insumos, assim como procedimentos adotados durante a logística entre a unidade central e as farmácias municipais.

“Estamos conhecendo o espaço e a logística adotada em Vinhedo com os medicamentos”, explica o vereador Rodrigo Paixão, membro da Comissão de Assuntos Relevantes – aprovada na Câmara de Vinhedo em maio de 2017 para tratar das questões relativas à dispensa de medicamentos da rede pública municipal.

No início da visita, o secretário de Saúde apresentou relatório com números oficiais da entrada de medicamentos e perdas no município, elaborado com base em dados do ano de 2017. Segundo o documento, a quantidade de perdas por validade corresponde a 2,87% do total das entradas no almoxarifado. “O Ministério da Saúde não fixa um índice oficial, mas em média as perdas por validade variam entre 8 e 10%”, afirmou o Alexandre Viola.

O secretário também explicou que, no período analisado, 80% das perdas foram do medicamento Noretisterona, um anticoncepcional fornecido pelo Ministério da Saúde ao município. “Houve uma falha no sistema e, ao invés de entregar a quantidade de comprimidos solicitadas, o governo federal enviou a quantidade em cartelas, cada qual com 30 comprimidos”, comenta o secretário.

Durante a visita, o vereador Rubens Nunes solicitou informações sobre o número de funcionários responsáveis pelo almoxarifado central; o aproveitamento das equipes que atuam nas farmácias com a reestruturação proposta e, principalmente, procedimentos adotados com a logística dos medicamentos até a chegada ao munícipe. “É importante que a população saiba quais medicamentos estão faltando e onde eles podem, ou não, ser encontrados – inclusive, porque em cada farmácia há situações diferentes”, comentou.

Para o vereador Edson PC é importante a entrega da certidão justificando a falta do medicamento quando solicitado por usuários do SUS – conforme determina a recomendação 06/2014 do Ministério Público Federal.

Rodrigo Paixão também questionou o número de medicamentos fornecidos pela municipalidade que estão em falta nas farmácias da rede. “O problema da falta de medicamentos persiste”, afirma. O secretário municipal de Saúde confirmou que há cerca de 65 medicamentos em falta, mas que a Prefeitura já adotou os procedimentos de compra e, em breve, o atendimento será normalizado”.

Outra preocupação dos vereadores, apontada inclusive em relatório entregue à Saúde na última semana, é a carência de um farmacêutico responsável em tempo integral na farmácia municipal.

“Com a reestruturação, Vinhedo terá três centros de distribuição e os farmacêuticos serão aproveitados nestes locais; inclusive com a possibilidade de ampliarmos o horário de atendimento à população para as 19h, ficando os farmacêuticos responsáveis por orientar pacientes no correto uso e armazenamento dos medicamentos”, explica Alexandre Viola.   Não há prazo fixado para a conclusão da reestruturação e implantação dos centros de distribuição de medicamentos.

Acompanharam a visitação Amanda Santos, responsável por insumos; Flávio Moreira, diretor da Assistência Básica; Sebastiana Mendes, responsável por medicamentos e Alessandro Marcel Bertinato, chefe de gabinete – todos da Secretaria Municipal de Saúde.

“O objetivo é conhecer o que está sendo feito e qual o planejamento para o futuro, aproveitando para solicitar a devolutiva da Prefeitura quanto aos apontamentos feitos no relatório da Comissão, entregue para a Saúde na semana passada”, explicou Rodrigo Paixão. A Comissão permanece aguardando as considerações da Prefeitura ao relatório apresentado.


Fonte: Gabinete do Vereador Rodrigo Paixão (REDE)

 

 

Últimas Notícias

Edu Gelmi explica que falta de água em Vinhedo decorre de erro em planejamento e investimentoleia mais

A convite de Rubens Nunes, representantes da Secretaria de Educação vão à Câmara e se comprometem a apresentar levantamento sobre impacto financeiro do PLC nº 06/2019leia mais

Sandro Rebecca parabeniza CEIVI pelos 35º anos de trabalho em prol da comunidade vinhedenseleia mais

Marcos Ferraz propõe que Prefeitura acompanhe uso de recursos públicos por entidades para não prejudicar as que realizam trabalho adequadoleia mais

Edu Gelmi comenta rombo nas finanças do municípioleia mais

Av. Dois de Abril, 78 - Centro -
Vinhedo/SP - CEP 13280-077


(19) 3826-7700


imprensa@camaravinhedo.sp.gov.br

Input Center Tecnologia