Rodrigo Paixão vota contra Consórcio Intermunicipal de Saúde por falta de comprometimento da Prefeitura – Câmara Municipal de Vinhedo
Câmara Municipal de Vinhedo

Rodrigo Paixão vota contra Consórcio Intermunicipal de Saúde por falta de comprometimento da Prefeitura

Para o vereador a administração municipal não adotou as medidas necessárias para adequada implantação do consórcio

171211_41_Sessao_Ordinaria (166)

O projeto de Lei nº 77/2017, que ratifica o protocolo de intenções e autoriza o ingresso do Município de Vinhedo no VIVA – Consórcio Intermunicipal de Saúde Vinhedo, Itatiba e Valinhos foi uma das proposituras discutidas na 41ª Sessão Ordinária, a última do ano, realizada nessa segunda-feira, 11. O projeto foi aprovado em 1ª discussão por oito votos, recebendo a negativa de Rodrigo Paixão (REDE) e outros três vereadores, por entenderem que a municipalidade não adotou as medidas necessárias para adequada implantação do consórcio, como a promoção do diálogo com servidores e Conselho Municipal de Saúde, e o envio do planejamento estratégico à Câmara.

“Já subi nessa tribuna para defender o consórcio, por entender que é uma ideia positiva, no entanto, para variar, o governo municipal não fez os procedimentos que devem ser feitos. A rede municipal sequer sabe o que está ocorrendo em relação ao consórcio e a pauta não foi apresentada ao Conselho Municipal de Saúde. Esse projeto votado hoje autoriza o ingresso do município no consórcio, porém eu quero garantir que esse ingresso seja feito de forma planejada. Em reunião da municipalidade com os vereadores, nos foi compromissado que enviariam à Câmara o planejamento estratégico, o que não ocorreu”, afirmou o vereador da REDE.

Por não ter sido aprovado de forma unânime, o projeto deverá passar por uma segunda discussão para aprovação definitiva ou rejeição.

“Por não cumprir com requisitos básicos, por mais uma vez a municipalidade não permitir o debate com a categoria interessada, voto contra o projeto. In dubio pro societate”, concluiu.

O parlamentar ainda afirmou que o município tem investido em propaganda a fim de passar a imagem de uma saúde em boas condições na cidade, o que não é verdade, visto os inúmeros problemas registrados no ano na assistência farmacêutica, problemas infraestruturais no PAMDa, corte de horários e de equipes no atendimento em geral, fechamento do CER Bela Vista, redução do atendimento do CAPS, fechamento da UPA, aumento nos casos de suicídio entre outros problemas.


Fonte: Gabinete do Vereador Rodrigo Paixão (REDE)

Últimas Notícias

Carlos Florentino parabeniza evento do CAPS Capelaleia mais

Edu Gelmi critica secretário municipal por impedir acesso ao trabalho de fiscalização do Legislativoleia mais

Carlos Florentino fala sobre Segurança Pública para colaboradores em empresa de Vinhedoleia mais

Sandro Rebecca apresenta Moção de Apelo contra cortes em pesquisas científicasleia mais

Em reunião na Associação Mata Ciliar, Flávia Bitar discute conteúdo de livro sobre proteção à fauna silvestre que será distribuído a alunos da rede municipalleia mais

Av. Dois de Abril, 78 - Centro -
Vinhedo/SP - CEP 13280-077


(19) 3826-7700


imprensa@camaravinhedo.sp.gov.br

Input Center Tecnologia