Câmara Municipal de Vinhedo

Câmara aprova projeto com repasse financeiro parcial para o serviço de acolhimento de pessoas em situação de rua

15ª Sessão Extraordinária foi realizada na manhã desta sexta-feira, dia 8

A Câmara de Vinhedo realizou, nesta sexta-feira, dia 8, a 15ª Sessão Extraordinária. Depois de duas outras sessões extraordinárias realizadas em janeiro sobre destinação de recursos a entidades assistenciais, a Câmara aprovou nesta manhã proposta encaminhada pela Prefeitura autorizando o repasse de parte do valor originalmente proposto para execução do serviço de acolhimento para pessoas em situação de rua.

Solicitada pela Administração Municipal, a sessão extraordinária tratou do repasse financeiro à Associação Reencontro – Centro de Tratamento para Dependentes de Álcool e outras Drogas, entidade sem fins lucrativos, para execução do Serviço de Acolhimento Institucional para pessoas em situação de Rua.

No ofício que solicita apreciação e votação do Projeto de Lei nº 8/2019 e a realização de sessão extraordinária, o Executivo afirma que abriu o Processo Administrativo n.º 963/2019 para apurar a recente denúncia de irregulares na Associação Reencontro. Por isso, o repasse de recursos financeiros encaminhado desta vez para análise do Legislativo de Vinhedo é de R$ 166.531,32, ou seja, representa 2/12 do total apresentado no início do ano pela Prefeitura (em acordo com a Resolução 2/2019 do Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS).

Em primeira votação, o projeto foi aprovado por 8 votos favoráveis e 1 contrário. Em razão de não ter recebido votação unânime, o PL foi para segunda discussão e votação.

Com amplo diálogo entre vereadores e reiterados destaques sobre a importância de manutenção do serviço de acolhimento, assim como o reconhecimento do trabalho prestado pelas mais diversas entidades assistenciais de Vinhedo, os parlamentares reafirmaram em seus discursos a necessidade de fiscalização em todas as destinações de recursos públicos.

Em segunda votação, novamente o resultado ficou em 8 votos favoráveis e 1 contrário. Portanto, tendo sido aprovado em duas votações, o Projeto de Lei nº 8/2019 foi aprovado pela Casa.

Durante a 15ª Sessão Extraordinária, o presidente Edu Gelmi (MDB) explicou que foi anunciada na Casa a apresentação de requerimento de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar a aplicação dos recursos públicos destinados em 2017 e 2018 por meio do “Selando Parcerias”.

 

Votação

Participaram da 15ª Sessão Extraordinária o presidente Edu Gelmi (MDB) e os vereadores Carlos Florentino (PV), Edson PC (PDT), Flávia Bitar (PDT), Geraldinho Cangussú (PV), Marcos Ferraz (PSD), Nil Ramos (PSDB), Paulinho Palmeira (PV), Rui “Macaxeira” (PSB) e Sandro Rebecca (PDT).

Sem direito a voto, o presidente da Câmara registrou os 8 votos favoráveis e 1 contrário, proferido pelo vereador Edson PC.

 


Fonte: Comunicação Institucional CMV.

 

 

Enviar comentário

Últimas Notícias

Sandro Rebecca solicita cumprimento do Termo de Ajuste de Conduta para o som nos shows da Festa da Uvaleia mais

Flávia Bitar solicita ações conjuntas na RMC e acompanha criação da câmara temática da causa animalleia mais

Ana Genezini comemora melhora na segurança das escolas municipais após implantação de sistema de monitoramentoleia mais

Edu Gelmi sugere parceria para revitalização da Estação Ferroviária em Vinhedoleia mais

Paulinho Palmeira solicita instalação de guarita da Guarda Municipal nas principais divisas do municípioleia mais

Av. Dois de Abril, 78 - Centro -
Vinhedo/SP - CEP 13280-077


(19) 3826-7700


imprensa@camaravinhedo.sp.gov.br

Input Center Tecnologia