Câmara Municipal de Vinhedo

Rodrigo Paixão apresenta Moção de Apelo contra possível fechamento de biblioteca do Centro de Memória da Unicamp

Biblioteca Professor José Roberto do Amaral Lapa é responsável pela organização e disponibilização de mais de 11 mil livros publicados a partir de 1780

Nessa semana o vereador Rodrigo Paixão (REDE) apresentou Moção de Apelo solicitando à Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) que não feche a Biblioteca Professor José Roberto do Amaral Lapa.

A biblioteca faz parte do Centro de Memória da Unicamp (CMU), órgão que integra a Coordenadoria de Centros e Núcleos Interdisciplinares de Pesquisa (Cocen), vinculado à Reitoria da Universidade Estadual de Campinas, e é responsável pela captação, organização, preservação, disponibilização e difusão de acervos documentais, especialmente relacionados à cidade de Campinas e região (SP), assim como à produção de pesquisas e publicação de livros e periódicos de caráter interdisciplinar, com ênfase na articulação entre memória e história.

Voltada para área de ciências humanas e especializada em história regional, com ênfase na história da cidade de Campinas, a Biblioteca Prof. José Roberto do Amaral Lapa, que integra o Sistema de Bibliotecas da Unicamp (SBU), é responsável pela organização e disponibilização para pesquisa de um amplo acervo bibliográfico, composto por mais de 11 mil livros publicados a partir de 1780, jornais e revistas datadas desde a segunda metade do século XIX, além de uma hemeroteca com cerca de 75 mil recortes de jornais e revistas diversos, entre outros documentos. O setor também atende às visitas mediadas.

O motivo do iminente fechamento da biblioteca, que foi fundada em 1986, é a falta de funcionários, já que dos 21 funcionários da carreira PAEPE e três pesquisadoras da carreira, nove servidores se aposentaram, reduzindo a equipe a 13 profissionais PAEPE e duas pesquisadoras. Desde então apenas uma vaga foi reposta, por meio de concurso público, o que, de acordo com o CMU, é insuficiente para a manutenção do adequado funcionamento da biblioteca.

A contratação de novos funcionários não é de responsabilidade do próprio CMU, mas da abertura de concurso público por parte da própria Unicamp, que passa por momento de crise financeira.

Moção semelhante também foi protocolada na Câmara de Campinas, pelo vereador Pastor Elias Azevedo (PSB).

“Não podemos deixar que ponham fim em um dos principais acervos da história de nossa região e do país. É preciso que a Unicamp e o CMU estudem meios de readequar os serviços na biblioteca ao atual quadro de funcionários, reduzido, enquanto não for possível a contratação de novos profissionais, que seria o ideal”, explicou o parlamentar.

O Centro de Memória da Unicamp (CMU) publicou nota esclarecendo a situação da biblioteca, que pode ser lida na íntegra no link:

https://www.cmu.unicamp.br/index.php#!html/noticia.html?c=130


Fonte: Gabinete do Vereador Rodrigo Paixão (REDE)

 

Últimas Notícias

Câmara aprova projeto que prevê substituição de materiais plásticos descartáveis por biodegradáveis no âmbito da administração municipalleia mais

Vereador Rui Macaxeira confere entrega de títulos de propriedade às famílias do CDHUleia mais

CPI da “massa asfáltica” protocola ofício na Prefeitura concedendo novo prazo para envio de documentação pendenteleia mais

Nil Ramos solicita construção de pista de skate no Parque Ecológico da Capelaleia mais

Confiabilidade de radares volta a ser questionada por Rodrigo Paixãoleia mais

Av. Dois de Abril, 78 - Centro -
Vinhedo/SP - CEP 13280-077


(19) 3826-7700


imprensa@camaravinhedo.sp.gov.br

Input Center Tecnologia