Câmara Municipal de Vinhedo

Carlos Florentino destaca importância do apoio às reivindicações da Guarda Municipal

Vereador explica que manifestação é legítima e agradeceu aqueles que os apoiaram

O vereador Carlos Florentino (PV) destacou a importância de apoio e atenção à manifestação dos guardas municipais de Vinhedo em seu discurso na 65ª Sessão Ordinária.

“Sabemos quanta luta enfrentamos e agradecemos àqueles que nos apoiam”, iniciou o vereador. Carlos Florentino fez um breve resumo do ocorrido na última semana, quando guardas municipais fizeram manifestação em frente à Prefeitura pedindo novos coletes, uniformes, viaturas e o cumprimento da legislação sobre o quinquênio da corporação como progressão salarial, em acordo com disposto no art. 22 da Lei Complementar 124/2013.

“Não é greve! Todos os guardas municipais presentes na manifestação estavam em folga ou férias. Nenhum deles estava em horário de expediente”, ressaltou o vereador Carlos Florentino, que também é guarda municipal.

Para o vereador, a manifestação é legítima e não uma ação política. “Não é política, mas muitas vezes pedimos ajuda aos parceiros políticos, pois muitas vezes é através da força política que conseguimos conquistar algo”.

O vereador afirmou que os benefícios foram solicitados ao Executivo diversas vezes ao longo de seu mandato, mas que as solicitações não foram atendidas. “Quantas vezes cobrei… Avisei que é um direito do GCM não ir para rua sem o colete, que é um EPI. Depois de muita luta, o Prefeito nos recebeu e disse que cumprirá o artigo 22 da Lei Complementar, trocará viaturas e entregará os novos coletes”, anunciou Carlos Florentino.

Carlos Florentino também se manifestou sobre a dispensa de Júnior Vendemiatti, então secretário na Setrandes. “Uma injustiça tremenda. Usar a luta para cortar alguém é injusto. Cada um tem sua história; às vezes erramos, mas se estamos onde estamos é porque existe uma história”. O vereador fez a mesma consideração para o diretor de Segurança da Secretaria de Transportes e Defesa Social, Anderson Borges Brito.

“Quem deveria ser dispensado é o secretário de Administração: foram 72 dias com o processo de aquisição dos coletes na Secretaria de Administração, mais 46 dias na Secretaria de Negócios Jurídicos”, informou Carlos Florentino.

O vereador Carlos Florentino encerrou explicando que considera equivocada a decisão da Prefeitura em transferir para outra secretaria o departamento de Trânsito. “São os guardas municipais que fazem autuações e os recursos vão para o meio ambiente? É injusto. Eu espero que o prefeito não leve isso adiante”, finalizou Carlos Florentino.


Fonte: Gabinete do vereador Carlos Florentino (PV)

Enviar comentário

Últimas Notícias

Câmara aprova projeto que prevê substituição de materiais plásticos descartáveis por biodegradáveis no âmbito da administração municipalleia mais

Vereador Rui Macaxeira confere entrega de títulos de propriedade às famílias do CDHUleia mais

CPI da “massa asfáltica” protocola ofício na Prefeitura concedendo novo prazo para envio de documentação pendenteleia mais

Nil Ramos solicita construção de pista de skate no Parque Ecológico da Capelaleia mais

Confiabilidade de radares volta a ser questionada por Rodrigo Paixãoleia mais

Av. Dois de Abril, 78 - Centro -
Vinhedo/SP - CEP 13280-077


(19) 3826-7700


imprensa@camaravinhedo.sp.gov.br

Input Center Tecnologia