Câmara Municipal de Vinhedo

Carlos Florentino destaca importância do apoio às reivindicações da Guarda Municipal

Vereador explica que manifestação é legítima e agradeceu aqueles que os apoiaram

O vereador Carlos Florentino (PV) destacou a importância de apoio e atenção à manifestação dos guardas municipais de Vinhedo em seu discurso na 65ª Sessão Ordinária.

“Sabemos quanta luta enfrentamos e agradecemos àqueles que nos apoiam”, iniciou o vereador. Carlos Florentino fez um breve resumo do ocorrido na última semana, quando guardas municipais fizeram manifestação em frente à Prefeitura pedindo novos coletes, uniformes, viaturas e o cumprimento da legislação sobre o quinquênio da corporação como progressão salarial, em acordo com disposto no art. 22 da Lei Complementar 124/2013.

“Não é greve! Todos os guardas municipais presentes na manifestação estavam em folga ou férias. Nenhum deles estava em horário de expediente”, ressaltou o vereador Carlos Florentino, que também é guarda municipal.

Para o vereador, a manifestação é legítima e não uma ação política. “Não é política, mas muitas vezes pedimos ajuda aos parceiros políticos, pois muitas vezes é através da força política que conseguimos conquistar algo”.

O vereador afirmou que os benefícios foram solicitados ao Executivo diversas vezes ao longo de seu mandato, mas que as solicitações não foram atendidas. “Quantas vezes cobrei… Avisei que é um direito do GCM não ir para rua sem o colete, que é um EPI. Depois de muita luta, o Prefeito nos recebeu e disse que cumprirá o artigo 22 da Lei Complementar, trocará viaturas e entregará os novos coletes”, anunciou Carlos Florentino.

Carlos Florentino também se manifestou sobre a dispensa de Júnior Vendemiatti, então secretário na Setrandes. “Uma injustiça tremenda. Usar a luta para cortar alguém é injusto. Cada um tem sua história; às vezes erramos, mas se estamos onde estamos é porque existe uma história”. O vereador fez a mesma consideração para o diretor de Segurança da Secretaria de Transportes e Defesa Social, Anderson Borges Brito.

“Quem deveria ser dispensado é o secretário de Administração: foram 72 dias com o processo de aquisição dos coletes na Secretaria de Administração, mais 46 dias na Secretaria de Negócios Jurídicos”, informou Carlos Florentino.

O vereador Carlos Florentino encerrou explicando que considera equivocada a decisão da Prefeitura em transferir para outra secretaria o departamento de Trânsito. “São os guardas municipais que fazem autuações e os recursos vão para o meio ambiente? É injusto. Eu espero que o prefeito não leve isso adiante”, finalizou Carlos Florentino.


Fonte: Gabinete do vereador Carlos Florentino (PV)

Últimas Notícias

Presidente Edu Gelmi e vereadores recebem visita da Rainha e Princesas da Festa da Uva e do Vinho de Vinhedoleia mais

Com Edu Gelmi na presidência, nova mesa diretora da Câmara chefiará os trabalhos do Legislativo no biênio 2019/2020leia mais

Legislativo mantém serviços à população durante o período de recessoleia mais

Nil Ramos apresenta resultados do exercício 2018: mais de R$ 3 milhões em economia destinada ao Executivoleia mais

Secretário de Saúde presta contas a presidente da Câmara referente à aplicação de emenda impositiva à LOA 2018leia mais

Av. Dois de Abril, 78 - Centro -
Vinhedo/SP - CEP 13280-077


(19) 3826-7700


imprensa@camaravinhedo.sp.gov.br

Input Center Tecnologia